• Ínicio
  • Sistema de segurança para acionar emergência e denúncias de violência de gênero chega ao Amazonas

Sistema de segurança para acionar emergência e denúncias de violência de gênero chega ao Amazonas


Sistema de segurança para acionar emergência e denúncias de violência de gênero chega ao Amazonas

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) lançou este ano o aplicativo “Aviso Polícia”. O serviço, gratuito para Android e IOS, é utilizado para monitorar as ocorrências de assaltos em ônibus. Agora a Secretaria anunciou que lançará três novas versões do app: “Alerta Mulher”, “Roubo em Veículos” e “Perigo na Escola”.

O Brasil é um dos países que mais mata mulheres por crimes de ódio baseados em gênero. Estima-se que 12 pessoas do sexo feminino sejam mortas diariamente. O criminoso, na maioria dos casos, é alguém próximo à vítima, como um namorado ou marido. Por medo, vergonha e/ou culpa, muitas mulheres deixam de ir à delegacia mais próxima denunciar. O que pouca gente sabe, contudo, é que os aplicativos de denúncia são muito úteis e, diversas vezes, uma saída eficaz para mulheres que estão precisando de ajuda.

Importantíssimo para auxiliar na atenção às mulheres, o “Alerta Mulher” estará disponível para as vítimas de violência doméstica e que estão sob medidas protetivas. No app, será possível pedir ajuda e denunciar. Tudo de forma anônima. O serviço especial para as mulheres será realizado em parceria da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) com a Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DECCM) da Polícia Civil.

Com mais de 16 mil usuários ativos, o app ‘Aviso Polícia’ está funcionando atualmente para denunciar ocorrências suspeitas em ônibus do transporte coletivo. Desde que foi implantando, a modalidade de crime caiu 23% de janeiro até agosto na comparação com igual período do ano passado.

De abril até agosto, 500 abordagens policiais foram feitas em ônibus a partir do acionamento dos usuários do “Aviso Polícia”, conforme dados do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). A nova tecnologia está sendo criada pelo Núcleo de Desenvolvimento Tecnológico da SSP.

O monitoramento efetuado no CICC mostra que é levado, em média, cinco minutos para o atendimento da ocorrência, ou seja, até o momento em que a viatura chega ao local do ocorrido, como explica o chefe do Núcleo de Desenvolvimento Tecnológico da SSP, o major do Corpo de Bombeiros, Marco Antônio Gama.

Nós temos 256 viaturas rastreadas, ou seja, eu consigo ver essas viaturas aqui do CICC e, a partir da localização do aviso feito pelo aplicativo, é possível enviar a viatura que esteja mais próxima. Com essa ferramenta, nós estamos conseguindo diminuir o tempo resposta da ocorrência, que normalmente acontece de 1 a 7 minutos”, explicou.

Compartilhe nas redes sociais