• Ínicio
  • WED Brazil 2018 – Organização premia mulheres inspiradoras no Dia do Empreendedorismo Feminino

WED Brazil 2018 – Organização premia mulheres inspiradoras no Dia do Empreendedorismo Feminino


WED Brazil 2018 – Organização premia mulheres inspiradoras no Dia do Empreendedorismo Feminino

Dez mulheres fortes e inspiradoras foram homenageadas no Parque Tecnológico de Brasília (Biotic), com o prêmio Destaques Women’s Entrepreneurship Day (WED) Brazil 2018, reconhecimento dado pela atuação como líderes empreendedoras femininas em diversos segmentos, entre eles: Jornalismo e Distribuição de Conteúdo, Atuação Pioneira no Brasil, Ação Social e Incentivo e Investimento Educacional. A representante do MDB Mulher, secretária de Políticas para as Mulheres, Andreza Colatto (SC) participou da premiação que aconteceu no Dia do Empreendedorismo Feminino.

É extremamente necessário reconhecer o trabalho daquelas mulheres que ajudam a empoderar outras mulheres. Esse prêmio é incrível”, afirmou a emedebista.

A embaixadora da Women’s Entrepreneurship Day Organization (WEDO) no Brasil e WEAmericas, Cristina Castro Lucas, conduziu a segunda edição da cerimônia no país.

As premiadas são reconhecidas como mulheres que impactaram a região em categorias diferentes. A WEDO está em 145 países e, em cada um deles, nós selecionamos 10 representantes que são premiadas no mesmo dia”, explicou.

A WEDO Brazil é uma organização filantrópica privada criada em 2013. Ela tem como missão empoderar meninas, celebrar e dar suporte a mulheres nos negócios globalmente, visando reduzir a pobreza no mundo. Mais de 250 milhões de garotas em situação de pobreza já foram impactadas positivamente nos 145 países em que a instituição atua. O principal objetivo do WEDO, como explica Cristina, é conectar redes do mundo. “Buscamos entender os movimentos que acontecem pontualmente e, a partir disso, unir essas pessoas”, explicou.

Cristina entregou o prêmio de Jornalismo e Distribuição de Conteúdo à diretora-executiva do portal Metrópoles, Lilian Tahan; Incentivo e Conscientização no Brasil à ministra Cármen Lúcia; Atuação Pioneira no Brasil à pedagoga Cosete Gebrim; Ação Social à atriz e jornalista Maria Paula Fidalgo; Incentivo e Investimento Educacional à recrutadora Sofia Esteves; Tecnologia de informação e Comunicação à Rosine Kadamani; Incentivo e produção de Artesanato à estilista Martha Medeiros; Alcance Nacional à médica e ativista Nadine Gasman; Destaque no Mundo Jurídico nas Multinacionais do Brasil à Andressa Del Debbio, e Inovação de Mercado à empreendedora Ana Fontes.

O evento reuniu 150 pessoas, líderes, tomadores de decisão, autoridades e representantes de empresas de diversos setores. Os convidados tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre a atuação dessas mulheres à frente de projetos que incentivam o protagonismo feminino no mercado de trabalho. O grupo Patubatê deu início à cerimônia ao apresentar uma calorosa versão do Hino Nacional tocada com percussão. Na sequência, a embaixadora fez um discurso forte, lembrando as adversidades que as mulheres precisam enfrentar com determinação para se manter no mercado de trabalho.

É preciso ser empoderada em um país em que a cada nove minutos uma mulher é violentada e a cada duas horas, morta. Em um país em que as mulheres se capacitam mais e ganham menos; onde, em média, elas trabalham 7,5 horas a mais que homens por semana apenas para se manterem competitivas e trabalhando. Neste país, em que a cada dois minutos uma mulher registra agressão. É neste cenário e com estas condições que, a cada ano, celebramos a força de mulheres e homens para mudar este retrato”, disse Cristina.

Durante a premiação, a editora de moda da Vogue Brasil, Yasmine Sterea, apresentou a palestra A Redescoberta e Liberdade da Mulher por Meio da Moda, do projeto Free Free, uma plataforma que busca dar um novo significado à indústria fashion e tem como missão estimular o fortalecimento da identidade das mulheres por meio de formas criativas de expressão. Yasmine convidou a todos para meditar e refletiu sobre as pessoas não serem os títulos que carregam nem seus nomes, mas sim a própria essência.

No segundo momento da noite, o evento contou com a presença do artista brasiliense Pedro Sangeon, autor do personagem Gurulino, presente em vários muros da capital. Sangeon fez uma pintura em tela ao vivo. Atendendo ao pedido de Cristina, ele criou a GuruLinda.

Premiadas

Atuação Pioneira no Brasil: Cosete Gebrim
A homenageada chegou a Brasília em 1960 com a família. Foi líder estudantil e se formou na primeira turma do Centro de Ensino Fundamental (Caseb). Pedagoga pela Universidade de Brasília (UnB), Cosete escreveu mais de 50 livros sobre educação e participa energicamente de associações beneficentes da capital.

“Eu tenho a honra de receber uma homenagem como mulher. Eu cheguei na capital antes da fundação de Brasília e tive o privilégio de estar no baile do Palácio de Planalto. Imagina a alegria de uma menina de 16 anos vestida no primeiro baile de debutante ao lado do presidente [Juscelino Kubitschek] e da dona Sarah”, recordou.

Ação Social: Maria Paula Fidalgo
Formada em psicologia, Maria Paula ficou conhecida nacionalmente quando participou do programa humorístico Casseta & Planeta. Mãe de dois filhos, ela se tornou embaixadora da Rede Brasileira de Banco de Leite Humano. Atualmente, ministra palestras em penitenciárias para mães e gestantes presas e comanda o projeto social Embaixada da Paz, que busca formar agentes pacificadores e promover a paz por meio de ações sociais.

“Um momento como este é muito gratificante. A gente trabalha e se esforça tanto para fazer uma rede de apoio onde as mulheres possam se entregar sem medo. De uns tempos para cá, eu tenho dedicado cada vez mais a minha vida a esse tipo de ação e tenho visto como isso é tão mais importante do que aparecer em uma capa de revista”, avaliou.

Incentivo e Investimento Educacional: Sofia Esteves
Sofia Esteves é uma das maiores recrutadoras do Brasil. Em sua biografia, ela lembra que foi humilhada e subestimada na primeira entrevista de emprego de sua vida, mas fez questão de demonstrar o seu potencial. Em pouco tempo, alcançou o cargo de gerência na área de recrutamento.

Tecnologia de Informação e Comunicação: Rosine Kadamani
Formada em direito, com especialização na área bancária, Rosine é pioneira na área de bitcoin e blockchain. A homenageada incentiva, desde 2014, o debate sobre o tema. É cofundadora do primeiro projeto educacional brasileiro sobre o assunto, a Blockchain Academy.

“Uma grande revolução na minha vida profissional foi aceitar que eu odiava fazer o que estava fazendo [assessoria jurídica]. Fui me interessando pelo assunto bitcoin e percebi um grande problema para aceitar essa realidade: o preconceito. Todo mundo achava que isso era coisa de louco, de bandido. Assim, decidi que não queria participar desse universo, mas sim de uma construção positiva, e ela passava por educação. Só se muda o mundo com boa informação”, assegurou.

Incentivo e Produção de Artesanato: Martha Medeiros
Estilista apaixonada, Martha fez da renda feita à mão a sua matéria primordial, projetada exclusivamente para a sua marca por mais de 450 artesãs do nordeste, com quem tem uma relação próxima a partir da iniciativa Olhar do Sertão. O projeto tem duas frentes: mercadológica, com trabalho remunerado e política de metas, e assistencial, levando auxílio para as áreas de educação, saúde e independência financeira.

Alcance Nacional: Nadine Gasman
Representante da ONU Mulheres no Brasil, Nadine é médica com mestrado em Saúde Pública pela Universidade de Harvard e doutorado em Gerenciamento em Políticas da Saúde pela Johns Hopkins. Ela trabalhou pelo fim da violência contra as mulheres e foi pioneira no trabalho com adolescentes indígenas e vários outros projetos que visam o bem social.

Jornalismo e Distribuição de Conteúdo: Lilian Tahan
Diretora-executiva do portal Metrópoles desde a sua fundação, em setembro de 2015, Lilian conquistou prestigiados prêmios de jornalismo ao longo da carreira, entre eles: Prêmio Esso, Embratel, CNT, CNI, Engenho. A profissional lidera uma equipe formada majoritariamente por mulheres, que ocupam os principais cargos de chefia.

É uma honra grande estar ao lado de mulheres inspiradoras como as que concederam esta homenagem e as que foram premiadas. Quanto mais próximas estivermos uma das outras, maior será nossa rede de apoiamento e empoderamento”, afirmou.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Informações e imagens Metrópoles (Vinícius Santa Rosa)

Compartilhe nas redes sociais