• Ínicio
  • Redação nota mil: isso é coisa de mulher

Redação nota mil: isso é coisa de mulher


Redação nota mil: isso é coisa de mulher

A redação é um dos pesadelos dos estudantes na hora de fazer o Enem. Em 2018, 55 conseguiram a nota máxima, dessas 42 foram feitas por mulheres. Os dados foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que organiza a prova.

O tema da Redação na última edição do Enem foi “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”, assunto que Isabella Rabelo, uma das estudantes com nota máxima, achou bastante tranquilo. “Coloquei na introdução do texto a origem da internet na Segunda Guerra. Usei meu repertório histórico, acho que contou bastante”, diz ela, que tenta uma vaga para Medicina em universidades públicas de Minas Gerais.

Já a estudante Gabriela Fonseca, que também tirou nota mil, fez o texto inspirado nos versos da música ‘Admirável Gado Novo’, do cantor Zé Ramalho. “Ela (música) fala sobre a população, sobre a massa e fala um pouco sobre alienação e então achei que no tema sobre alienação poderia se encaixar”, contou. Ela foi a única mato-grossense a tirar nota máxima em redação.

O levantamento divulgado pelo Inep também aponta que dezessete dos melhores textos são de estudantes com 18 anos, enquanto candidatos com 17 anos assinaram onze das redações nota mil. Na faixa etária dos 21 aos 30 anos, estão dez dos participantes com nota máxima na prova de redação.

De acordo com o perfil divulgado pelo Inep, 15 estados brasileiros tiveram candidatos ou candidatas com a nota máxima na prova de redação. Os estados com mais candidatos nota mil são Rio de Janeiro e Minas Gerais: 14 participantes fluminenses e outros 14 participantes mineiros receberam a nota máxima na prova de redação.

Informações: UOL, Estadão e G1.

Compartilhe nas redes sociais