• Ínicio
  • Representatividade feminina cresce na edição da Campus Party 2019

Representatividade feminina cresce na edição da Campus Party 2019


Representatividade feminina cresce na edição da Campus Party 2019

Ao longo dos anos, a participação feminina na Campus Party não parou de crescer. Em 2018, por exemplo, as mulheres representaram 43% do público presente. Em 2015, eram apenas 27%, segundo dados da Promoview. Na edição de 2019, entre os dias 13 e 14 de fevereiro, a diversidade foi o principal tema de pelo menos oito palestras no maior palco do evento, que também contou com painéis compostos exclusivamente por mulheres.

Em 2019, o evento se preocupou em ampliar o número de atividades com o objetivo de promover o aumento das mulheres nas carreiras de tecnologia, apesar do preconceito. No final do evento, dia 16 de fevereiro, uma das colaboradoras do Grupo Projeto mediou o painel do cenário feminino no mundo dos games e intermediou as discussões sobre a presença feminina no universo de games como League Of Legends, Overwatch, Counter Strike e Dota. O debate trouxe as convidadas Alicia Grucci, fundadora do grupo Overwatch Brasil, e Bianca Thaiga, streamer e influenciadora de LOL, levantou temas como o machismo presente nas comunidades, a participação delas em campeonatos mistos e as perspectivas para a transformação do cenário.

O mais legal foi ver que as minas estão realmente fazendo acontecer, cada uma delas representando suas comunidades acabam inspirando novos rumos pro cenário de games no Brasil”, comentou Jozi Alice, planner e redatora no Grupo Projeto, agência especializada em eventos que está há 18 anos no mercado.

A agência tem à frente Tatyane Luncah, que participa de diversos grupos relacionados a empoderamento feminino, empreendedorismo feminino, entre outros temas que ajudam a fortalecer a presença das mulheres no mercado de trabalho atual.

Com informações do site Grupo Projeto

Compartilhe nas redes sociais